Cliente! O BEM mais precioso de sua empresa, cuide com carinho!

Cliente, uma palavra simples! Mas todos nos dependemos dele e por isso se torna uma palavra tão nobre que devemos trata-la como um bem precioso, uma joia rara, como um tesouro, até porque o nosso sucesso profissional depende dela. Portanto, no artigo de hoje, vamos entender TUDO sobre o CLIENTE e ainda defender o “porquê” ele é o BEM mais precioso de sua empresa e deve ser cuidado com todo carinho e atenção!

A Origem da Palavra Cliente!

Essa palavra vem do Latim CLIENS, alteração do mais antigo CLUENS, do verbo CLUERE, “ouvir, atender, obedecer”.

DO LATIN

O sentido da palavra mudou, com o tempo, primeiro para “aquele por quem um advogado age” e depois para “aquele para quem um serviço é prestado”, seja uma venda, seja o atendimento por qualquer profissional.

Porque Todos da Empresa Devem Cuidar Bem do Cliente:

Nos dias de hoje a empresa que não abrir os olhos e manter um bom relacionamento e um bom tratamento com o cliente, o resultado será o fracasso, e o fim será inevitável para esta empresa.

O vendedor entende que o ganha pão dele vem do cliente, e que deve trata-lo muito bem este tesouro, e não somente o vendedor como todos da empresa deve cuidar bem do cliente.

Cliente é o rei

A sua empresa sabe disto? E os demais departamentos da empresa sabem disto? E do porteiro até o presidente sabem disto? Hummm, se não souberem, será questão de tempo para saberem, pois o mercado, a concorrência, e principalmente o próprio cliente, avisará e não mandará recados, sendo que este aviso virá em forma de baixo faturamento e queda nas vendas e muito mais.

É Questão de Sobrevivência:

As empresas precisam dos clientes e os funcionários precisam das empresas para se realizarem profissionalmente, logo os funcionários precisam se relacionar muito bem com os clientes.

A empresa que cria uma condição de cultivar boas relações a longo prazo com os seus clientes, ela não só está garantindo a sua sobrevivência, assim como, está construindo uma relação bem sucedida de ganha-ganha, buscando com êxito conquistar a confiança do cliente.

Relacionamento com cliente

Como são Tratados os Colaboradores da sua Empresa?

As pesquisas mostram que a maneira como os colaboradores das empresas são tratados pelos seus líderes, tem influência direta sobre a forma de atendimento aos clientes. Ou seja, se o chefe trata mal o seu subordinado, este subordinado poderá tratar mal o cliente da empresa.

Portanto, é preciso ter consciência de que a forma como um executivo trata seus colaboradores pode refletir na forma como estes tratam os clientes. Será um perde-perde para todos os lados dentro da empresa, onde somente o concorrente será o vitorioso.

Fundador Wal Mart

“Clientes podem demitir todos de uma empresa, do alto executivo para baixo, simplesmente gastando seu dinheiro em algum outro lugar.” (Sam Walton, fundador da rede Wall-Mart).

O Cliente Está Mais Atento!

Os clientes estão se tornando cada dia mais exigentes, mais técnico e mais informado e com a internet a informação está disponíveis vinte e quatro horas por dia aos seus olhos pesquisando e procurando quem o atenderá melhor.

A concorrência está cada vez mais acirrada buscando a excelência a cada dia e em todo o canto do mundo. As empresas precisam abrir os olhos à procura de ser melhor hoje do que foi ontem, eu quero dizer que o sucesso de ontem não garante o sucesso de amanhã, portanto é fundamental a melhoria constante em atendimento ao cliente, se não o seu concorrente fará por você o que você não fez pelo seu cliente e o dinheiro entrará no caixa dele e não no seu.

Geralmente, quando o cliente reclama é porque quer continuar com a empresa, então agradeça que ainda está reclamando, pois caso não resolva, o próximo passo será comprar do concorrente.

Cliente Reclamando

Além disso, ele é um consultor gratuito para qualquer empresa, e isto serve para o lado positivo caso o cliente tenha uma experiência positiva e também serve para o lado negativo caso o cliente tenha tido uma experiência negativa. Mas, como saber o que o cliente deseja e necessita? Só mesmo perguntando a ele. Ouvir o cliente é um ponto de partida fundamental e deve ser uma atitude permanente.

“Um cliente mal atendido provavelmente irá procurar refúgio no seu concorrente e recuperá-lo custará pelo menos dez vezes mais do que simplesmente mantê-lo.” (Mauro Silveira).

Existem os Seguintes Tipos de Clientes:

Tipos de clientes

PROSPECT: Possui a intenção de comprar da sua empresa, porem ainda não comprou.

CLIENTE EVENTUAL: Compram sem fidelidade, com um ou mais produtos em situações de necessidade ou necessidade ocasional.

CLIENTE REGULAR: Próximos da fidelidade, compram determinado produto periodicamente.

INFLUENCIADOR: Seja por satisfação ou insatisfação, divulgam a marca da empresa e sua experiência com o produto para terceiros.

CLIENTE EXTERNO: Aquele que está na sociedade de consumo, detentor de determinado poder de compra.

CLIENTE INTERNO: São os funcionários, equipes de trabalhos e demais colaboradores internos da empresa.

Qual o Segredo da Fidelidade dos Clientes?

Hoje em dia é muito difícil para as empresas manterem a fidelidade dos seus clientes por vários motivos escritos acima. O único modo de um cliente se manter fiel a uma empresa é quando a satisfação alta se correlaciona com a marca se solidificando por um envolvimento emocional ocorrido e combinado com esta empresa mantendo-se constantemente na vanguarda da tecnologia, serviço e utilidade. É difícil? sim, é muito difícil, mais existem alguns exemplos de empresas assim como: Apple, Google e Toyota.

Frase do dia:

“A mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original” –  Albert Einstein

Ainsten

Resumo Sobre a Importância do Cliente!

Vivemos em um mundo onde manter um cliente fiel fica cada vez mais difícil e em muitas vezes o maior culpado por esta quebra de comprometimento é a própria empresa.  As pesquisas comprovam que 65% dos clientes deixam uma empresa por mau atendimento prestado por seus funcionários.

O cliente tem em mente uma linha tênue entre o grau de satisfação do produto/serviço e o grau de envolvimento emocional. Se um destes pontos não for satisfatório, inicia-se um processo de ruptura aonde vai ficando mais difícil manter o comprometimento. Por isso devemos sempre superar as expectativas sobre a satisfação do cliente.