Analise SWOT Como Diferencial na Gestão Estratégica de Vendas

Acredito que você já ouviu falar no modelo SWOT creditada a Albert Humphrey. Trata-se de uma excelente ferramenta estratégica para se sustentar no mercado tanto empresarial, profissional e pessoal. O termo SWOT é uma sigla em inglês, que representa um acrônimo de Forças (Strenghts), Fraquezas (Weaknesses), Oportunidades (Opportunities) e Ameaças (Threats). No artigo de hoje vamos falar sobre a análise SWOT como diferencial na gestão estratégia de vendas e como você pode vender mais e melhor!

O Que é Análise SWOT

A Análise SWOT é um sistema simples que tem por objetivo verificar a posição estratégica da empresa no ambiente em questão. A análise se divide em Ambiente Interno, composto pelos itens Forças e Fraquezas e no Ambiente Externo, relacionado às Oportunidades e Ameaças. A partir dessa divisão é possível estabelecer aquilo que é de responsabilidade da empresa, e o que é uma antecipação do futuro, ou seja, o que se pode traçar a respeito de possibilidades positivas ou negativas do macro ambiente conforme o modelo abaixo.

O Que é Análise SWOT em Vendas

A Matriz SWOT

Como podemos verificar, a matriz SWOT ajuda a empresa na tomada de decisão ao nível de poder maximizar as oportunidades do ambiente em torno dos pontos fortes da empresa e minimizar os pontos fracos, também reduzindo os efeitos das ameaças.

A análise é complementada com um quadro que ajuda a identificar qual o impacto (elevado, médio ou fraco) que os fatores podem ter no negócio e qual a tendência (melhorar, manter ou piorar) futura que estes fatores têm no negócio.

O Que é Análise SWOT em Vendas

Como Aplicar a Análise SWOT em Vendas

A aplicação da Análise SWOT num processo de planejamento pode representar um impulso para a mudança cultural da organização e do indivíduo. O SUPERVENDEDOR pode  fazer sua autoanálise aplicando a matriz tanto em sua via profissional como pessoal.

Essa ferramenta pode ajudar  na avaliação de empresas, projetos, produtos, serviços e equipes. Para isso, faça as seguintes perguntas para cada item:

Pontos Fortes

  • O que você, sua empresa e equipe fazem bem?
  • Que recursos especiais você possui e pode aproveitar?
  • Quais os seus diferenciais?
  • O que a concorrência, a equipe, os clientes e os fornecedores acham que você faz bem?

Pontos Fracos

  • No que você precisa ficar atento?
  • O que precisa melhorar?
  • Onde deve se blindar?
  • Onde possui menos recursos que os demais?
  • Quais são suas fraquezas identificadas pelos outros?

Ameaças

  • Que ameaças (leis, regulamentos, concorrentes) podem lhe prejudicar?
  • Qual o ponto forte do seu concorrente que pode ser uma ameaça para você?
  • Quais as estratégias e diferenciais dos seus concorrentes?

Oportunidades

  • Quais são as oportunidades externas que você pode identificar?
  • O que seu cliente deseja e precisa que pode servir como oportunidade de negócio?
  • Como agregar valor ao seu produto ou serviço?
  • Quais tendências você pode aproveitar ao seu favor?

Após responder essas perguntas, crie planos de ações estratégicos e alcance melhores resultados.

Foco em Vendas: Receita para o Sucesso!

Um SUPERVENDEDOR não canta a música “Deixa a vida me levar, vida leva eu” cantada pelo ilustríssimo Zeca Pagodinho composta por Serginho Meriti. A música citada é boa mas não podemos nos acomodar e ficar numa zona de conforto esperando que as coisas aconteçam. Agora, se você não souber o que quer para a sua vida, a vida saberá por você, é ai que mora o perigo, pois ela lhe dará coisas que você não deseja.

Os SUPERVENDEDORES sempre cantam a música que tem o principal refrão “Quem sabe faz a hora e não espera acontecer” o nome desta musica é Pra Não Dizer Que Não Falei Das Flores composta por Geraldo Vandré. Bem esta música remete a situação seguinte: você é o senhor do seu destino e você é o único que fará toda a diferença em sua própria vida, como? Simplesmente tendo atitudes e tomando as decisões em todas as vertentes de sua vida.