Vendas e Trocas: Como se Portar com o Cliente e Lidar com o Acontecimento

Depois de uma série de posts onde abordamos os mais diversos aspectos da Programação Neurolinguística, desde os primeiros conceitos para iniciantes até as técnicas mais assertivas para impulsionar as vendas, o blog SuperVendedores, a partir de hoje, lança uma série sobre Negociação.

Agora o nosso assunto vai de como lidar com adversidades (o tema de hoje), passando por técnica de negociação e argumentação, maximização dos fechamentos, até chegar às dicas de como aumentar o seu poder de persuasão.

O primeiro passo é falar sobre acontecimentos inesperados. Vamos nessa!

Sem desespero!

A primeira dica para lidar com a adversidade é estar preparado. Como diz a Lei de Murphy, “tudo o que pode dar errado, dará uma hora ou outra”. Ou seja, você vai ter que encarar imprevistos em diversos momentos da sua vida. Em vez de sofrer com isso, se prepare mentalmente.

Ok, o problema aconteceu. E agora?

É hora de posicionar o cliente. Seja franco e já no primeiro instante apresente uma solução para o problema em questão. Um bom profissional terá um plano B para superar o acontecimento inesperado. É importante que a sua resolução esteja plenamente embasada tanto de forma técnica quanto conceitual. Não adianta resolver a situação criando um no problema no futuro!

Técnicas de negociação e argumentação

É necessário que o seu cliente confie na sua resolução e para isso ele precisa te enxergar como um profissional. Tenha certeza do embasamento da sua solução, apresente-a de forma clara, tenha paciência para escutar e analisar possíveis problemas futuros. Defenda o seu ponto de vista de maneira estruturada e coerente. Segurança é essencial neste momento.

E se o cliente precisa de uma troca?

Quem trabalha no comércio sabe que a venda não termina com o pagamento e a entrega do produto. O pós-venda é um elemento importante para conquistar a fidelização do cliente. Vendas e trocas fazem parte do jogo.

vendas e trocas

Por isso é de extrema importância que o vendedor esteja bem treinado para receber o cliente para uma eventual troca. Este é um momento delicado, uma vez que houve algum problema com a mercadoria vendida.

Aproveitando uma oportunidade!

O bom profissional pode aproveitar este momento de vendas e trocas e, quem sabe, conseguir uma venda ainda maior. É preciso estar preparado para receber este cliente de volta à loja e mostrar que há outros produtos que podem agregar benefícios. Negociar é a palavra-chave.

E se não puder trocar?

Em algum momento, o vendedor pode estar impossibilitado de fazer a troca e ele também tem que estar preparado para isso. É preciso explicar com muito cuidado qual é o problema que impossibilita a troca. Uma boa dica é: tenha empatia! Coloque-se no lugar do cliente para entender o que ele está sentido e use este sentimento a favor da sua argumentação.

E não se esqueça de manter o bom humor sempre, ainda que haja agressividade envolvida na argumentação do cliente.

Última dica e não menos importante: todos somos consumidores, portanto, esteja atento ao código de defesa do consumidor, lei que trata das relações de consumo em todas as esferas. Você certamente não vai querer ter problemas com a justiça e prejuízos possivelmente maiores, e saber dos direitos e deveres é um grande passo para lidar com situações delicadas.

Siga no blog para mais dicas de vendas e trocas e muito mais sobre o processo de negociação.

Até a próxima!!!