O que as Melhores Empresas de Seleção e Recrutamento Consideram ao Contratar Profissionais de Venda?

Quando são contratadas empresas de seleção e recrutamento, vemos que todo o processo de contratação de funcionários é metódico em busca de características que são adequadas para uma determinada vaga. Desde o anúncio em busca de candidatos, passando pelas entrevistas e dinâmicas, cada etapa é uma busca por estas características.

Mesmo que você não contrate empresas de seleção e recrutamento, este continua sendo um momento vital para a sua empresa. Afinal, é claro que bons funcionários, se estiverem bem motivados, vão trazer melhores resultados, com custos mais reduzidos.

O objetivo deste post do blog SuperVendedores é mostrar que mesmo que você não possa contratar empresas de seleção e recrutamento neste momento, você pode fazer uso de algumas técnicas de recrutamento para que a busca pelo funcionário ideal tenha bons frutos.

Para atingirmos este objetivo, vamos, em primeiro lugar, conhecer as características mais buscadas pelas empresas de seleção e recrutamento:

Resiliência

No dicionário significa “capacidade de se recobrar facilmente ou se adaptar à má sorte ou às mudanças.”. No meio de vendas podemos entender como a capacidade que um profissional tem de absorver as negativas e se adaptar, usando estas “decepções” como aprendizado para realizar novos negócios.

Curiosidade

Um bom vendedor é um profissional que está sempre em busca de novas informações – e não estamos falando só em informações da área de vendas. Ele precisa ter a curiosidade de entender o negócio de um prospect e a área em que ele atua. Além disso, cultura geral, cultura pop, esportes e muitas outras áreas podem ajuda-lo a cativar o possível comprador.

Capacidade e vontade de aprender

Outro item fundamental na personalidade de qualquer bom vendedor (mesmo daquele mais experiente). O mundo está em constante modificação e em tempos modernos isso acontece cada vez mais rapidamente. Por isso, o desejo de aprender e a capacidade para absorver os novos conhecimentos é vital.

Relação interpessoal

Outra premissa básica! Busca-se em um bom vendedor, alto poder de persuasão e isso só será conseguido se o profissional presar muito pelas suas relações interpessoais. Aqui é importante lembrar também que uma venda excelente é aquela que abre portas para negócios futuros e as relações interpessoais são importantes também no aspecto de cativar e fidelizar o cliente.

Facilidade de adaptação

No futebol há um ditado que diz que cada jogo é um jogo. Em vendas, é a mesma coisa, cada venda é uma venda. O argumento que foi matador para o fechamento de um negócio com um determinado cliente pode se mostrar ineficiente quando é exposto a uma outra pessoa. A rápida adaptação a novas situações é fundamental para que as metas do dia a dia sejam batidas.

Comprometimento

Não existe um bom vendedor sem comprometimento. São necessários a cada dia novos estudos, novos planejamentos e novas formas de agir. Uma pessoa desinteressada ou desmotivada não consegue vibrar o necessário para atingir o desempenho excelente.

Desenvoltura

A timidez é uma inimiga do bom vendedor, mas por outro lado uma pessoa com excesso de confiança pode parecer aos olhos de um cliente um tanto quanto antipática. Ter a desenvoltura correta e aplicá-la durante a prospecção e as reuniões de negociação é fundamental para que o processo de venda seja desenvolvido e finalizado de forma satisfatória.

Iniciativa e atitude

Nas vendas (assim como na vida), precisamos nossa posicionar de forma otimista em relação aos desafios que nos são lançados. É preciso que os encaremos de forma franca e sincera. Quando o cliente sente esta atitude no vendedor é gerada uma confiança fundamental na relação entre os dois

E quais são as características que eu tenho que priorizar?

Em primeiro lugar, você precisa mapear a sua equipe e descobrir quais são as características fortes de seus vendedores, quais são os pontos em que eles se saem melhor. Uma vez que estas características sejam descobertas você pode avaliar qual é o ponto mais fraco. Além disso, saber quais são as características que faltam na equipe.

Agora você já sabe o que procurar nos seus candidatos. O novo funcionário deve sanar as deficiências que você encontrou, tornando assim o seu time mais forte.

Como descobrir estas características em um processo de recrutamento e seleção?

As empresas de seleção e recrutamento aproveitam ao máximo cada etapa da busca por um novo funcionário para mapear as suas habilidades e você, mesmo que não as contrate, pode fazer o mesmo. Se você puder contratar uma empresa ou mesmo um profissional de rh para esta tarefa, ótimo! Caso contrário, conheça melhor todo o processo.

Qual é a melhor maneira de encontrar o perfeito perfil de funcionário que você está buscando? Esta é uma pergunta na qual a resposta depende de uma série de fatores e para responde-la é preciso conhecer os quatro tipos de recrutamento e seleção:

  •         Recrutamento interno – Quando a busca pelo novo funcionário é feita dentro da própria empresa, dando a colaborados a oportunidade de subir de cargo ou de trocar de setor.
  •         Recrutamento externo – Quando se busca os novos funcionários fora da empresa. Tem a vantagem de poder trazer novos talentos para a empresa.
  •         Recrutamento misto – Quando se busca ocupar a vaga em questão tanto com funcionários que já estão no quadro da empresa quanto com profissionais que estão no mercado de trabalho.
  •         Recrutamento online – Quando se usa o meio digital para procurar o candidato ideal. Inclusive as entrevistas podem ser feitas por programas como o Skype ou similares.

 

Hora de divulgar

Após definir o tipo de recrutamento, divulgue a sua vaga. Tenha muito cuidado com o texto. Diversos sites e perfis em redes sociais são especializados em ironizar vagas oferecidas ou até mesmo denunciar sexismo, exploração, homofobia e outros problemas em anúncios de emprego. Seja prudente, afinal é a marca da sua empresa que está em jogo.

Receba e selecione os currículos para as entrevistas, sempre tendo em vista as características que você busca no novo funcionário. Durante a entrevista saiba fazer as perguntas corretas. Este é um passo decisivo para que a contratação seja feita com a maior possibilidade de acerto. As perguntas vão guiar o entrevistador a conhecer o perfil do entrevistado, seus conhecimentos técnicos, o seu apetite por conhecimento e ainda se ele se enquadra com as características da empresa.

Testes

Se houver possibilidade, conheça e aplique testes psicológicos (sempre com a ajuda de profissionais). Eles podem ajudar bastante quando se quer traçar o perfil do candidato e a fazer a melhor escola. Os principais testes são o palográfico, o DISC, o QUATI e o HTM. Um bom profissional de psicologia ou de RH pode mostrar a importância de cada um.

Com ou sem empresas de seleção e recrutamento, você tem à mão ferramentas para que a sua escolha pelo novo funcionário seja excelente. Coloque tudo isso em prática!

Até a próxima!