Recrutamento e Seleção

Conheça as 8 etapas do processo de recrutamento e seleção

Leandro Munhoz Moreira
Escrito por Leandro Munhoz Moreira em 3 de setembro de 2018
Conheça as 8 etapas do processo de recrutamento e seleção
Faça como mais de 42.975 Super Vendedores

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos

Está iniciando um processo de recrutamento e seleção em sua empresa e não sabe por onde começar?

Esta é uma realidade vivida por um número enorme de empresas, em especial por aquelas que não podem contar com as vantagens de um RH bem estruturado.

É preciso entender que este processo de recrutamento e seleção tem etapas que, se seguidas à risca, diminuem e muito as chances de erro ao contratar um funcionário. Conheça todas elas!

1 – Desenho de cargos

Este é um documento que mapeia cada atividade desenvolvida na empresa.

Com ele, você terá o perfil desejado para a vaga, os requisitos mínimos para contratação (formação acadêmica, tempo de experiência na área), as principais atribuições do cargo, o horário de trabalho, as responsabilidades e remuneração entre outras informações.

2 – Prospecção de candidatos

Faça uma divulgação atraente, que chame a atenção de possíveis talentos e torne claro os requisitos e perfil de trabalho, ne entanto tome muito cuidado com o texto, afinal é o nome da sua empresa que está em jogo.

Universidades, mídias sociais, rádio e e TV e sites especializados podem dar uma melhor visibilidade.

3 – Triagem de currículos

Leve em consideração o desenho do cargo que está vago e faça uma triagem meticulosa.

Descarte (pelo menos para esta vaga) os currículos que não apresentam as habilidades ou a experiência necessárias.

4 – Entrevista prévia

Esta etapa pode ser feita por telefone ou por uma ferramenta de internet com o Skype.

Aqui você vai selecionar os candidatos que realmente podem se interessar pela vaga, descartando aqueles que não estiverem abertos para a possibilidade e dispostos a continuar na seleção.

5- Seleção de profissionais

Esta é a etapa para conhecer um pouco mais das características dos selecionados, que devem passar por dinâmicas e testes específicos com o objetivo de apontar o perfil de trabalho, habilidades e competências do candidato.

6 – Entrevista com finalistas

Agora restam poucos candidatos e é hora de conhecê-los de forma mais profunda, cara a cara.

Tente deixar o candidato à vontade para que ele possa expor suas habilidades da forma mais natural, mas não deixe de ter o controle da conversa. Lembre-se, o controle da entrevista é do selecionador que ainda busca descobrir as habilidades do candidato.

7 – Contratação e integração do contrato

Chega ao fim o processo de recrutamento e seleção de pessoal propriamente dito e o candidato escolhido passa a ser um funcionário.

Cuide para que a integração dele com os demais colaboradores e com a empresa em si seja rápida e eficiente.

Portanto, extraia o melhor de suas habilidades desde o primeiro dia de trabalho.

8 – Feedback com os reprovados

Lembre-se que quem foi finalista, mas não foi o escolhido para o cargo, pode ocupar uma outra vaga no futuro.

Uma ligação ou um email informando que o processo foi finalizado e agradecendo a participação.

É elegante e vai deixar uma ótima impressão naquele que pode estar em um novo processo de recrutamento e seleção.

Essas foram as dicas de hoje para que você possa estruturar sua área de recrutamento e seleção. Siga navegando no nosso blog para conhecer muito mais sobre o assunto.

Até a próxima!

E ae? Terminou a leitura? ;)

O que você achou desse conteúdo? Conte pra nós, logo abaixo?

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Junte-se a mais de 42.975 Super Vendedores! :D