Entrevista com Anderson Tamborim – Micro Expressões Faciais – Parte 2

Gostou da primeira parte da entrevista com o Anderson Tamborim? Então confira agora o conteúdo da segunda parte, aprofundamos ainda mais o assunto e abordaremos como você pode utilizar os conhecimentos aqui junto ao seu cliente e aumentar suas vendas, além de muitas dicas para identificar características que você só vai perceber com esse conteúdo. Assista abaixo a segunda parte completa!

Assista a 2ª Parte da Entrevista:

Identificando uma Mentira Através das Micro Expressões Faciais:

Nessa segunda parte, Anderson Tamborim começa falando de como identificar se uma pessoa está mentindo. Antes de tudo, devemos saber que no nosso dia a dia estamos cercado de pessoas que mentem, seja uma pequena mentira seja uma grande. Em média ouvimos 200 mentiras por dia. Anderson comenta que por dia nós mentimos em média 4 vezes!

Anderson explica que o objetivo da mentira é você ganhar algo com ela ou para que você não seja punido em algo. Uma das principais mentiras que contamos quase todos os dias é “Eu não vi o seu e-mail” essa mentira virou um clássico no nosso dia a dia e a usamos de forma bastante recorrente.

Uma pesquisa mostra que 60% das pessoas mentem em alguma coisa no currículo e isso é posto em cheque quando esse candidato vai para uma entrevista, por exemplo. Assim como os vendedores, que não são tão honestos como deveriam com o cliente e depois acabam causando um problema para a própria empresa.

Gestos Universais de Honestidade:

Um do gestos mais comuns que demonstram honestidade e que podemos nos atentar toda vez, é nas mãos da pessoa com quem estamos conversando. O gesto de mostrar as palmas da mão é um sinal de que a pessoas está, em analogia, mostrando que ela está “desarmada” e que está sendo honesta com você!

Toda vez que você mostra as palmas das mãos você tende a ser mais honesto com quem está negociando! Então fique atento a esse sinal!

Gesto_de_Honestidade

Porque é muito difícil você mentir e utilizar essa linguagem corporal, de mostrar as palmas das mãos, seu corpo vai te trair sem dúvida alguma! E isso dificulta para quem está mentindo e facilita para quem está avaliando. Nosso cérebro sabe quando estamos mentindo e ele sabe que essa mentira, sem dúvida, vai causar um problema para você, então mentir é difícil.

Manipuladores:

Os “manipuladores” é o nome que damos  quando a pessoa se sente pressionada ou tensa com alguma coisa e extravasa aquilo! Então alguns gestos podem transmitir essa tensão! Como por exemplo passar a mão no pescoço durante uma conversa ou até mesmo coçar a nuca. Essas expressões são de nervosismo, insegurança e até mesmo podendo estar mentindo, não necessariamente todo mundo que coça a nunca ou o pescoço durante a conversa está mentindo, pode ser que o tópico da conversa seja incômodo para a pessoa e ela se sinta desconfortável com isso.

Prevendo o Futuro com Micro Expressões Faciais:

Anderson Tamborim comenta de uma pesquisa, muito interessante, realizada por John M. Gottman.

Nessa pesquisa John Gottman conseguiu prever com 80% a 90% de acertividade os casais que iriam se divorciar nos próximos 5 anos. E como ele fez isso?

Ele conseguiu prever esse índice de divorcio alto, analisando gravações de interações entre os casais. Ele pegava essas gravações, que duravam em média 5 minutos e sem áudio, ou seja, ele não estava ouvindo o que as pessoas estavam falando, para ele não era necessário aquele áudio, assim ele passou a identificar as micro expressões dos pares.

Observando todos os vídeos e identificando nos casais o qual se tinha mais incidência de desprezo, nojo, aversão etc e que eram muito frequentes, esses casais iam se divorciar muito em breve, enquanto os casais que tinham uma interação mais tranquila e calma e que não demonstravam as mesmas micro expressões dos outros casais, o relacionamento deles permaneceria por mais tempo. Então apenas observando casais, John conseguiu prever em quanto tempo e quais casais iriam se divorciar – O que é uma coisa incrível.

Exemplos de Micro Expressões no Dia a Dia:

Micro Expressão de Felicidade:

Essa micro expressão é a mais desejada, principalmente no rosto do seu cliente! E para identificar essa micro expressão, Anderson comenta alguns tópicos interessantes, como por exemplo:

  • Quando ambos os lados dos lábios vão para cima
  • Sobem na mesma altura, na mesma intensidade e na mesma velocidade (os lábios)
  • Acontecem de forma sempre simétrica
  • Abaixam também de forma simétrica

Fique atento! Essas características são micro expressões, então são movimentos rápidos que acontecem quase sem a pessoas perceber, mas que revela o real sentimento!

A Macro Expressão de felicidade é bem mais fácil de perceber, pois, é o que você percebe visualmente como por exemplo aquele sorriso largo, de orelha a orelha! Essa é uma Macro Expressão. E mais um ponto importante para se notar são as sobrancelhas, que no sorriso verdadeiro essas abaixam e no sorriso falso, na maioria das vezes, elas vão para cima!

Micro Expressão de Desprezo:

A micro expressão de desprezo é a única que é assimétrica, então a expressão só vai ocorrer em um canto dos lábios, o que ocorre é a contração de um desses cantos.

O que ocorre muito também é a micro expressão ser mascarada por um sorriso! Então enquanto na micro expressão de felicidade os dois lados sobem da mesma forma, iguais…a micro expressão de desprezo mascarada faz com que um lado dos lábios subam mais rápido que o outro. Então quando um cliente mostra essa expressão e comenta do seu preço ele, na verdade, não está dando muita importância para o seu produto.

Micro Expressão de Nojo-Aversão:

Essa micro expressão acontece quando não gostamos muito de alguma coisa ou alguém. E para identificar essa micro expressão devemos nos atentar a alguns movimentos no rosto, como:

  • Contração da face mediana, então o nariz vai fazer algumas ruguinhas como se estivesse fechando os canais nasais
  • Contração também dos lábios superiores, onde deixa evidente os dentes, isso em caso extremo de nojo ou aversão.

Então identificando isso pode ter certeza que o cliente não tem interesse algum no seu produto, como Anderson comenta é Gamer Over. Agradeça e parta para outro cliente.

Essas três expressões são as mais comuns e fáceis de serem identificadas, fazendo uma analogia é como um semáforo, cada um representa uma cor.

  • Verde = Felicidade
  • Amarelo = Desprezo
  • Vermelho = Nojo

Treinando seu Conhecimento:

Anderson compartilha na entrevista uma dica que sempre da em seus cursos, que é desligar o áudio da televisão quando estiver assistindo um filme e tenta identificar se o que aquela pessoa está falando faz sentido para o contexto. Vídeos como reality Show, onde as pessoas mentem bastante é um ótimo conteúdo para treinar.

Ir até o espelho e fazer algumas micro expressões faciais e ver como se comporta cada parte do rosto, também é um bom exercício. Isso ajuda você identificar com mais clareza os sentimentos do seu cliente, pois, quando você faz uma expressão de raiva, você tende automaticamente a lembrar de coisas que remetam a essa expressão.

Mais Algumas Dicas de Micro Expressão:

Anderson comenta sobre mais algumas dicas para você se atentar no momento de negociação ou até mesmo em uma entrevista de emprego, veja abaixo:

dica 1

Contato visual:

O contato visual é muito importante! Pois, quando você não faz contato visual isso é chamado de “Gesto de Linguagem Corporal Beta”, ou seja, submisso, inferior. Então a dica 1 é sempre o contato visual com o outro, veja a cor dos olhos de quem você está conversando. Do contrario você vai passar a imagem de estar inseguro.

Aperto de Mão firme:

Além de sempre manter o contato visual é importante você ter um aperto de mão firme! Não aperte demais mas não seja fraco a ponto de parecer um peixe morto. Isso vale tanto para homens quanto para mulheres.

Manipuladores:

Falamos sobre os manipulares há pouco, então evite fazer os gestos abaixo para não passar essa impressão de desonestidade ou de insegurança, veja as imagens abaixo e não as repita em uma negociação com seu cliente ou entrevistador:

dica 2

Por outro lado, você pode, e deve, manter uma posição mais firme e segura como nas imagens abaixo:

dica 3

Resumindo Micro Expressões Faciais:

Micro Expressões faciais é um campo imenso e intrigante, os conhecimentos adquiridos são excelentes para melhorar sua performance como vendedor. São detalhes que, se bem analisados, fazem uma diferença enorme para os seus negócios, para com o relacionamento com seu cliente.

Você pôde conhecer um pouco das Micro e Macro expressões, os manipuladores, dicas para identificar um sorriso verdadeiro, um sorriso falso e diversas outras dicas que você acompanhou nos dois vídeos da entrevista.

Anderson Tamborim aborda tanto na parte 1 quanto na parte dois o assunto com bom humor e torna o tema ainda mais fácil de ser entendido e compreendido. Analisar as micro expressões não é uma tarefa fácil, mas se da através de muito estudo e anos de experiência.

O estudo correto e orientado por profissionais experientes podem elevar ainda mais as suas habilidades com o cliente, com suas vendas e parceiros.

Um grande abraço, boas vendas e SUCESSO!